Menina Pensando

Superar o fim de um relacionamento, principalmente, quando não foi você que quis terminar, não é uma tarefa fácil. Por mais que se tente esquecer, os pensamentos e as lembranças insistem em continuar. Esse é um momento de reflexão e autoconhecimento, de reconhecer defeitos e qualidades e reavaliar o que será preciso ser mudado em você.

No início pode ser difícil vencer a tristeza, pois você está acostumada a compartilhar a vida com a outra pessoa e a pensar sempre juntos, mas superar isso é só uma questão de tempo, afinal, se você já foi feliz sem aquela pessoa, conseguirá ser feliz sem ela. Lembre-se, o sofrimento pode existir, mas vai diminuir ao longo dos dias e a sua felicidade não pode depender da presença do outro(a).

No primeiro momento, não obrigue-se a ocupar a mente para não se sentir triste, afinal o luto também precisa ser vivido. Entretanto, não cultive apenas todas as lembranças felizes, reflita o que não era bom na relação e pense nos motivos que causaram o término. O que realmente provocou a separação deve ser olhado e entendido para servir como aprendizado para futuros relacionamentos ou para ajudar a aceitar melhor que o fim era de fato a melhor saída.

Não tente começar uma nova relação amorosa com o intuito de superar a perda. Para iniciar um novo relacionamento é ideal que o fim tenha sido superado para se entregar por inteiro a outra pessoa. Pode ser que um novo amor apareça, enquanto se recupera, mas isso não deve ser uma condição para esquecer o amado ou a amada.

Veja algumas dicas do que fazer e o que não fazer para esquecer um amor:

  • Passe um tempo sem rever o “ex-namorado”, quanto maior o afastamento, mais rápido você superará a perda. Deixar ouvir a voz e sentir a presença daquela pessoa, vai fazendo com que a presença mental da pessoa também perca a intensidade.
  • Invista em atividades prazerosas com amigos e familiares, não se isole.
  • Evite procurar noticias por amigos em comum ou ficar investigando a vida do(a) parceiro(a) nas redes sociais, pois isso pode paralisar a sua vida. Olhe para a frente e invista em novos projetos.
  • Não finja que está se sentindo muito bem, enquanto por dentro está sofrendo, isso pode só piorar os seus sentimentos. Converse com pessoas de sua confiança e desabafe o máximo que puder para não guardar mágoas.
  • Não tente achar um culpado pelo fim. Isto significa: não transformar o outro em vilão, assumindo o papel de vítima e nem se culpar demais pelo fim da relação, pois tudo foi construído por pessoas com defeitos e qualidades. 
  • Não enxergue o tempo que passou com seu ex, como um tempo perdido. Mesmo que o relacionamento tenha chegado ao fim, toda experiência traz consigo maturidade.

  • Não se cobre em ter novos interesses de imediato. Interessar-se em coisas novas é uma ótima alternativa para se distrair e não pensar tanto no fim do namoro, mas interesses impulsivos pode não ser bem-vindos.
  • Não deixe de se cuidar. Faça tudo que puder que puder para se sentir mais bonita e interessante por dentro e por fora!

 

Amor Platônico <<-- Como esquecer um amor?

Topo